Seção PVH se reúne com Direção do Calama

A Seção Sindical de Porto Velho do SINASEFE realizou reunião no dia 18/11, na sala da Direção-Geral, a pedido dos servidores do DEPAE (Departamento de Assistência ao Educando). Na pauta estava isonomia, 30h, relacionamento e postura da chefia, vulnerabilidade dos servidores em relação à troca de chefia, lotação de um assistente em administração.
Durante o encontro, se defendeu o papel importante de todos dentro da instituição, em especial dos Técnicos-Administrativos em Educação (TAEs) que possuem atribuições nem sempre bem definidas, mas que isso precisa ser revisto. Ainda na pauta, foi debatido o pedido de jornada de trabalho de 30 horas semanais para os servidores ali lotados. Reivindicação de todos os servidores técnico-administrativos da Instituição e que ganha maior vulto dentro de um departamento que necessita permanecer aberto de manhã, de tarde e de noite. Já há procedimentos adotados internamente no departamento para a instauração do horário flexibilizado, faltando apenas a instituição de fato implantar tal direito.
A reunião ocorreu com a presença do Diretor Geral do Câmpus Porto Velho Calama, Marcos Aparecido Atiles Mateus, e dos servidores David Mourão Lopes, Elaine Márcia de Souza Rosa, Gustavo da Costa Leal, Ingrid Suelen Soares de Carvalho, Macário da Silva Feitosa, Maria Ângela Justino Maschio, Maria Rosimére Salviano de Moura e Mário Laélio Alves Silva, e os representantes do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (SINASEFE) Ênio Gomes da Silva, George Madson Dias Santos, Maria Rita Berto de Oliveira, Rafael Pitwak Machado Silva, Reginaldo Martins da Silva de Souza e Zenete Ruiz da Silva. O Diretor iniciou a reunião com a leitura de uma passagem da Bíblia Sagrada. Elaine justificou a ausência dos servidores Roziane da Silva Jordão e Thyere Apolodoro Arthur Ferrosil.

“Foi positiva. Gostei, ficamos contentes com o posicionamento do Reginaldo e da Zenete, do Sindicato, me senti representada por eles”, afirmou a Assistente de Alunos do Calama, Elaine Márcia. O também Assistente de Alunos. Laelio Alves, confirmou que a reunião geral foi válida: “levamos nossa proposta e fomos ouvidos. O Sindicato fez uma intervenção sobre as propostas e a direção escutou. Acolheu algumas, outras não, no resumo de tudo foi proveitosa”.